Do Tiago #4

sementes

Esta semana mais tarde, mas  como mais vale tarde do que nunca, cá está ele, o primeiro post do Tiago no seismaisdois…

A paciência é uma virtude. 

Eu tinha 17 anos quando a avó de um amigo meu, hoje meu padrinho de casamento, disse-me isso. Não foi um conselho mas sim uma constatação feita por base na experiência de vida. 
 Guardei essa constatação e a paciência tem-me estado no quotidiano, no entanto, ainda estou por defini-la. O que é que ela me trás? Como serei mais virtuoso por via da paciência?
Trabalhar com a Natureza, em qualquer das suas dimensões, pode torna-se num quebra-cabeças porque há que compreender o seu tempo, desvendar os seus padrões e os seus mistérios e maravilhas.
 As plantas não crescem, os trabalhos não surgem ou até a Humanidade não se ilumina por que eu quero ou ao meu ritmo. O ciclo da vida é altruísta. Oferece-me tudo, ao mesmo tempo, que não sabe o meu nome.
Quem é paciente, é observador. Quem observa, interioriza a experiência. 
Donde vem a sabedoria?
A paciência é uma virtude.
Tiago


Tiago da Cunha Ferreira
Fotógrafo/Permacultor

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s