Para sempre

20140611-222450-80690903.jpg

Não sei muito bem o que escrever neste post, tenho andado a adiá-lo há já uns dias.
No sábado morreu o Baguera, o nosso cão. Assim de repente, sem qualquer aviso. Num momento estava óptimo, um minuto depois caiu para o lado, e não se voltou a levantar. “Ataque cardíaco” – disse o nosso amigo Gonçalo que é veterinário e veio a correr. Imprevisível, tinha 2 anos apenas….
Era só um cão? Não. Não era só um cão, era o nosso cão, e era parte da nossa família, estava connosco há apenas um ano e meio, mas era como se esta casa nunca tivesse existido sem ele, sem as suas asneiras, as suas maluquices….
A tristeza é vezes seis cá em casa, e não consigo dizer qual de nós sentirá mais a tua falta, Baguerinha….

Anúncios

2 thoughts on “Para sempre

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s