Iogurtes

2015/03/img_1402.jpg

2015/03/img_1401.jpg

2015/03/img_1403.jpg

 

O meu pequeno almoço é sempre uma incógnita. Às vezes perguntam-me o que tomo ao pequeno almoço, mas esta é uma pergunta que eu não consigo responder,  mesmo quando estou a pôr a mesa na véspera nunca sei muito bem o que hei de pôr no meu lugar. Às vezes acordo, faço um café e como torradas, às vezes não consigo pensar em café e bebo chá outras vezes sumo. Às vezes pensar em pão de manhã tira me logo a fome e então, como uns cereais da força. Quando vou correr o que me sabe mesmo mesmo bem é uma papa de aveia preparada na noite anterrior (overnight oats). Mas, quando o sol começa a bater na nossa marquise de manhã (que é onde nós tomamos o pequeno almoço) sabe-me mesmo bem um iogurte.

Não é que cá em casa sejamos grandes consumidores de iogurtes mas gosto sempre de ter uns iogurtes quer seja para estas minhas variações de pequeno almoço, quer para cozinhar, quer para quando aos meninos lhes apetece.
Acontece que quando compramos iogurtes, por cada 125ml de iogurte temos 10 g de plástico. E isso faz-me confusão. E, por isso cá em casa fazemos os nossos iogurtes. Não são tão chamativos como os iogurtes que são comprados no supermercado, não têm mil e um sabores, pedaços, cores, formas, bifidus, bonecos e outras coisas coloridas.Mas, vamos lá pensar o que poderiamos ajudar o nosso planeta se as famílias não comprassem iogurtes. Desculpem as famílias consumidoras de iogurtes, bem sei que são bons, fazem bem e os miúdos adoram, não quero pôr ninguém com pesos nas consciência, mas não há volta a dar, temos de pensar no nosso planeta.
Só precisamos de um litro de leite e de um iogurte e poupamos 8 pacotes de plástico (ora se apenas vinte familias deixarem de comprar iogurtes e consumirem 8 iogurtes por semana já poupámos o planeta em  160 pacotinhos de iogurte só numa semana – sinistro, não é?) E ainda poupamos algum no supermercado,  o que é sempre bom.
Como tenho sempre medo que quem lê este blog fique a achar que nós não fazemos mais nada senão fazer coisas (prometo para breve um artigo sobre como dividir estes afazeres sem interferir no tempo de família) resolvi pôr o cronómetro a contar para poder dizer o tempo de vida que demora fazer oito iogurtes em casa. Então, desde o momento em que vamos à despensa buscar um pacote de leite até ligar a iogurteira na ficha e temos 2 minutos, 59 segundos e 24 milésimos de segundo. Acho que vale a pena, não?
Normalmente faço os iogurtes naturais pois são os meus preferidos e também porque gosto de lhe dar um uso culinário, por isso para fazer 8 iogurtes a receita é simples: – mas não percam neste site tantas e tantas receitas para variações de iogurtes-
1 litro de leite
1 iogurte natural (só na primeira vez é que temos de comprar, depois é só usar os já feitos por nós).
1 colher de sopa de açucar, para quem gosta deles mais doces
Juntar o leite ao iogurte, mexendo sempre. Dividir a mistura pelos frascos e colocar na iogurteira durante a noite – o consumo energético de uma iogurteira é mínimo- mas também se pode substituir pelo forno desligado depois de aquecido a 50′.
Anúncios

8 thoughts on “Iogurtes

  1. Posso perguntar que tipo de leite usa para fazer o iogurte? E já agora, os seus também ficam assim para o líquidos? Quando estão no frasco até parecem bem sólidos mas quando os transfiro para uma taça para comer já ficam meio líquidos. Obrigada.

  2. Tentei esta semana, pela primeira vez, e usando este mesmo post, fazer iogurtes caseiros. Tal como aqui indica, misturei 1l de leite a 1 iogurte natural. O resultado: 1 desastre – textura de queijo fresco e sabia à iogurteira (sabe o cheiro do plástico da iogurteira? sabia a isso). Tenho várias amigas que tiveram de fazer várias tentativas até conseguirem acertar na consistência, mas nunca tinha ouvido queixas do sabor. Será que sabe o que poderá ter acontecido? Quero tentar novamente, mas sem perceber o que correu mal, não sei o que mudar!

  3. Maria, experimentei pela primeira vez fazer iogurtes caseiros para o brunch de sábado, seguindo exatamente a sua receita, e não correu nada bem. De manhã, era apenas leite um pouquinho mais espesso. Ocorreu-me o seguinte: o iogurte e o leite estiveram no frigorífico até ao momento de os misturar e meter no forno. Será que estariam demasiado frios? É o único motivo que me ocorre, mas custa-me voltar a desperdiçar um pacote de leite e um iogurte só a fazer experiências… Obrigada!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s