Os ritmos do Verão

 

          

Os ritmos do Verão são os ritmos que uma família devia ter sempre. As pressas que temos em dias de Inverno e chuva, dissipam-se quando é verão. E, se há coisa que me custa é apressar os meus filhos, seja para o que for. Sinto que é uma imposição dos tempos que correm, em que estamos sempre atrasados para tudo. As crianças têm muitas vezes nelas o ritmo que todos devíamos ter e, com elas devíamos aprender a viver as coisas mais devagar.

Elas tentam ensinar-nos mas nós não os ouvimos, achamos que nós é que temos de os ensinar a serem apressados e rápidos a fazer as coisas. Porque nunca acordamos tão cedo como devíamos “acordem, vá já é tarde”. Porque tudo demora mais tempo do que aquele que prevemos “vá, come depressa que já estamos atrasados”. Porque uma criança a vestir-se sozinha nunca é na velocidade que nós imaginamos “rápido, põe as meias “. Porque de manhã achamos sempre que não deve haver tempo para brincar “vá lá eu disse para ires lavar os dentes porque é que estas a pintar um desenho?!”.Porque à hora de dormir é para ir dormir e não é para sair da cama vinte vezes “volta para a cama, já te disse, não é hora de andar pela casa, já é tardíssimo, amanhã não te levantas da cama!!”

Pobres das crianças não deve ser fácil esta lenga-lenga a toda a hora, acham que os adultos andam sempre a correr (e andam  mesmo) cheios de horários e sempre atrasados para tudo.

Se experimentássemos de vez em quando ter os ritmos das crianças seríamos todos mais calmos, de certeza que havia menos gritos, menos carros a apitar e os dias corriam melhor a toda a gente (isto claro tendo noção de que corríamos o sério risco de chegar ao fim da tarde todos de pijama a brincar aos playmobiles sem termos sequer almoçado).

Mas, no verão a calma e a luz do sol invadem os ritmos do dia-a-dia e permitem que experimentemos a velocidade de criança. As falsas férias tomam conta da família lá em casa. Não há horas, havendo horas. Não há aulas, havendo escola. Não há pressas, havendo horários. Não é preciso dormir, mesmo tendo que acordar cedo. Não há rotinas. Não é preciso acordar ninguém porque a luz do sol encarrega-se de o fazer.
Não é preciso despachar nem apressar,  temos um ritmo preguiçoso, atrasamos-nos nos compromissos, dormimos pouco, destapados e de janela aberta.
Os dias são compridos, as noites são enormes, as manhãs duram horas. Temos preguiça de ir para a cama e pressa para sair da cama. Tudo se passa lenta e calmamente.
Que bons que são estes meses do Verão!
Anúncios

6 thoughts on “Os ritmos do Verão

  1. Cá em casa os meses de Verão também são assim!!! E, por isso, é que esta estação do ano é a minha preferida!
    A roupa é mais leve, em menos quantidade e mais fácil de vestir 🙂
    Se não chegam a tempo à escola para saíram no autocarro para a praia, a mãe leva-os à praia diretamente (porque fica aqui perto de casa)…
    Sem gritos, sem grande stress, com uma pressa relativa, só para não ficarmos todos em casa a brincar aos playmobiles 🙂
    Beijinhos e bom fim de semana

  2. O verão trás tudo de bom e é mesmo uma verdade, na minha casa como ainda há crianças a situação é a mesma…. e metade da família nasceu no verão e parece que andamos sempre em festa, O verão é uma festa, não apetece ir para a cama! Viva os dias de Verão.
    beijinhos e adoro as suas histórias♥

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s