Os serões de “crafts”

 
  
  
  

Já faz quatro anos que, nos meses que antecedem o Natal, nos juntamos, uma vez por semana com, com o objectivo de fazer presentes e enfeites de Natal. A ideia é torná-los, mais bonitos, mais caseiros, mais nossos e claro, mais baratos.

As ideias variam todos os anos, já fizémos isto e isto em anos anteriores e muitas mais coisas. Este ano, temos “jóias” de conchas, sprays de alfazema, sacos-cama de sereia e muito mais. Somos muitas e por isso, cada uma vai fazendo aquilo que  tem mais jeito. Uma corta, outra cose, uma desenha, outra pinta. Uma serra, outra martela. Enfim estas noites voam e não damos pelo trabalho, pois a conversa é sempre muito animada.  Percebemos que tudo se faz e o gozo de dar, deixa de valer por si só e passa a ser o gozo de dar aquilo que se fez. A pensar no outro.

Quando os dias de Natal se aproximam, percebemos que passou tudo depressissima e ainda temos imenso que fazer, de repente acelaramos o ritmo, preparamos os presentes “comestíveis”, tudo já cheira mais a Natal e nós, sem termos dado por nada já o estamos a comemorar à imenso tempo. Porque o Natal é isto. Pensar em cada uma das pessoas que vamos presentear. Parar e estar com aqueles de quem mais gostamos.

 

Anúncios

6 thoughts on “Os serões de “crafts”

  1. Isto é que é Natal! Parabéns pela iniciativa e sobretudo por conseguir manter estes valores. Eu fazia o mesmo desde os meus tempos de adolescente e deixei de o fazer há uns anos porque as pessoas que me são mais próximas implementaram quase todas a máxima “prendas no Natal só para as crianças”. O que eu detesto isto! Como se deixássemos de ser gente e de querer dar prendas aos amigos só porque passamos a Pais e Mães. Mas percebo que para quem comprava sempre prendas tal represente um peso económico grande. Então decidi manter este tipo de hábito, mas para os aniversários.

    1. Olá Chris, aqui em casa há uns anos também houve a mesma conversa mas eu não alinhei e no natal lá apareci com prendas para todos,,, porque acho que é um símbolo importante, não importa o valor monetário mas sim o valor sentimental ♥ nem que gaste 1 € num postal com uma mensagem! depois nos anos seguintes voltam todos a oferecer lembranças

  2. Olá! Adoro tudo o que faz! Adoro ler o blog, e inspira-me muito vir aqui 🙂 Gostava que (quando puder) deixasse uma lista de livros de histórias que eles mais gostam. (A minha filha tem 5 anos.) OBRIGADA

  3. Olá a todos! Quando era adolescente também fazia as prendas de Natal, principalmente porque não tinha dinheiro e porque a família era relativamente pequena …. agora só entre cunhados e cunhadas e sobrinhos e avós somos 25 ! Mas dentro da “nossa casa” , tenho 2 filhos , estamos proibidos de comprar ” porcarias” que não fazem falta, eu peço aos filhos que me ofereçam pinturas, desenhos e poemas, depois fazermos a prendo do pai e o pai faz a prenda da mãe … alguns privilegiados também recebem arte feita por mim … tapetes de trapilho… proteções para livros, bolachas de Natal … mas é impossível fugir aos brinquedos… e lá vamos sempre fazer umas comprinhas… ainda sou fraca.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s