6 anos e muito amor

IMG_9433-0IMG_9434-0IMG_9435-0IMG_9436-0IMG_9437-0IMG_9438-0
Faz hoje seis anos que nasceu o nosso segundo filho. O nosso pequenino e doce Benjamim. Ou Ben.
Tem sido incrível vê-lo crescer embora,para mim ele seja um bebé…não podia fazer já 6 anos.
E, se ver crescer um primeiro filho é impressionante, ver crescer um segundo é-o ainda mais (ou de outra forma). Não sei se me consigo fazer explicar: Um filho  mais velho é isso que faz, crescer,  ser crescido, ter imensos anos. Os outros são bebés mas, afinal, de repente fazem SEIS anos. (significa que todos vão crescer?!?!)
No dia que ele nasceu, uma grande amiga minha olhou para ele, muito gordo, muito loiro  e disse “Tem cara de estrela de rock”. Achei que ela estava meia doida, onde é que se via naquele bebé rechonchudo alguma coisa relacionada com rock, mas enfim..
E ele lá foi, crescendo, com o melhor feitio do mundo, cada vez mais loiro, cada vez mais comilão, cada vez mais querido, cada vez mais doce, cada vez mais ele.
Até que, fez quatro anos e pediu uma guitarra de presente de anos. Nós demos-lhe uma viola de brincar. Ele não ficou triste, mas não era bem aquilo.
Quando fez cinco anos pediu outra vez uma guitarra, demos lhe uma guitarra que até funcionava e, embora de plástico ele não a largou. E, desde então, vive a dar concertos, a ouvir musica a escolher música, a inventar letras. Ainda não toca nenhuma nota (mentira, já sabe o Mi), mas isso para ele não é importante porque, como ele diz “é o rei do heavy metal” e para isso não precisa de saber as notas.

Agora que faz seis anos volta a pedir uma guitarra “mas desta vez mesmo à séria”. Adora brincar, adora legos, adora tudo, Mas só queria uma guitarra. De manhã, não precisou de desembrulhar o presente para advinar o que era. Os olhos dele brilhavam e, embora brilhem com bastante facilidade, este era um brilho de um sonho realizado (daqueles que fazem os olhos dos pais brilhar também). Pôs a sua nova guitarra ao ombro, ligou o amplificador e começou a tocar (ou a fazer barulho…) já não quis saber dos bolos em forma de guitarra que lhe fizémos, nem dos wafles que pediu para o pequeno almoço.

O  dia viveu-o feliz, com toda a intensidade que fazer 6 anos lhes dá.

Ai, como eu gosto de os ver assim, como eu gosto do dia de aniversário deles… como eu vivo para estes dias, mesmo que impliquem noitadas a fazer bolos, bolachas e pequenos almoços.
Parabéns meu querido e rockeiro Ben!
Anúncios

6 thoughts on “6 anos e muito amor

      1. Obrigada, Maria. Adoro o blog e roubo-te imensas ideias. Para este Natal, vai haver vouchers inspirados nos vossos, espero que não te importes. Obrigada também por isso..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s