A tradição das camisas (saias e vestidos) ou Maria, a obstinada


      
  


Não sei em que parte da minha vida de mãe de vários, me lembrei de inventar uma tradição que consiste em fazer roupas para os todos cada vez que algum faz anos. Mas a verdade é que inventei e por isso, obstinada como sou, nunca vacilo.

Também não sei em que parte da minha vida decidi que devo deixar tudo para amanhã. Tudo, mas tudo para a última. Sou eu. Duas patologias, a mesma pessoa.

E assim, em véspera de ter duas festas (uma de manhã para os amigos da escola, outra de tarde para os primos e amigos) me atiro para o corte e costura de duas camisas, uma saia e um vestido, intercalando esta manufactura com a confecção de bolos, gelatinas, queques e bolachas.

A verdade é que, loucura à parte, adoro esta minha mania e eles também e já sabem que em dia de festa  têm sempre uma roupa nova. Estas camisas  então, adoraram especialmente por acharem que ficam iguais ao Kurt Cobain.

Eu fico um misto de orgulhosa pelo que fiz, com chateada de não ter feito as coisas com mais calma pois sairía tudo certamente melhor (e já agora podia ter medido a minha filha mais nova pois, fazer um vestido a olho levou a que passasse a festa com uma mini-saia a trepar-lhe pela barriga acima).

Agora prometo que para a próxima festa, já em Janeiro faço tudo com 15 dias de antecedência . Acreditam? Eu não….

Anúncios

7 thoughts on “A tradição das camisas (saias e vestidos) ou Maria, a obstinada

  1. É mesmo à Kurt! Ao Benjamim só lhe falta tocar guitarra ao contrário (acordes com a mão direita e cordas com a mão esquerda) e era o verdadeiro Kurt em ponto pequeno! Oh Maria, 4 filhos, um cão, pai e mãe com empregos a tempo inteiro,…..como é que consegues fazer tanta coisa? Permites-me a pergunta: vocês têm ajuda para as tarefas domésticas? Desculpa, mas é que gostava mesmo de saber como consegues 😉 eu, só com dois, perco-me nas coisas todas de casa que tenho para fazer, mais banhos dos miúdos, trabalhos de casa do mais velho,….e acabo o dia com a sensação que não aproveitei o tempo. Dá aí umas dicas à malta de gestão do tempo! Tu dormes, certo? :p

    1. Olá Flávia . Então é assim: nós temos os dois um full time mas com horário normal. Ou seja as 17.30 estamos todos em casa. Acho que é o maior segredo lá de casa. Relativamente à ajuda, sim tenho uma pessoa que vai lá umas horas e eu ofereço-lhe uma boa parte do meu ordenado. Ajuda me na roupa e na limpeza da
      Casa . Custa mas vale a pena .. Beijinho!!!

      1. Pois. Eu também sou da opinião que ficamos todos a ganhar: a pessoa que ajuda nas tarefas de casa recebe uns “trocos” (como quem diz) e nós recebemos tempo para o que é mais importante. Claro que deve custar “largar esses trocos” , mas ganhasse doutra forma. Ficas com algum tempo de qualidade! Afinal tens tempo para dormir um bocadinho (lol) 🙂 🙂 🙂

  2. Parabéns Maria por esta tradição. Estou cheia de vontade de aprender a costurar para criar uma tradição como a tua cá por casa…Tu segues moldes para os modelos certo? Tiraste algum curso?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s