Negócios caseiros



  

Às 17.30/ 17:45 estamos todos em casa. É aqui que reside o “tempo” que tantas pessoas nos questionam. Estou sempre a repetir. Mas… há uma parte que não explico.

Quando chegamos a casa não nos vamos, sentar no quarto a brincar com os filhos ou sentá-los no sofá a ver televisão. O nosso fim de tarde é, na verdade a parte mais dinâmica e trabalhosa do nosso dia.

Somos todos ocupados mas, quem comanda as operações somos nós e, por isso quem se junta a nós, são eles. (não que não dedique alguma parte da tarde a brincar e a fazer TPC’s, atenção!)
Normalmente a cozinha é o sitio onde passamos mais tempo quando regressamos a casa. Preparamos um segundo lanche (vêm sempre cheios de fome da escola), eu vou preparando e adiantando algumas coisas. Sopas, bolachas, cereais, o jantar etc. No Inverno gosto de fazer um chá, que todos vão bebendo. Eles vão entrando e saindo conforme lhes apetece. Nós também. Na verdade, ao fim da tarde só não faço tricot…
Mas, mais importante do que estes momentos, é o facto do regresso a casa cedo não significar que o trabalho acabou. Muito pelo contrário. Porque temos, e cada vez a crescer mais, dois “negócios” familiares. Ou melhor, o meu contributo neste negócio não é mais do que preparar o jantar e ir gerindo os meninos porque, na verdade é tudo feito por ele.

Como faz tudo, para além de tratar da nossa horta, o Francisco, quando chega a casa veste a camisola. Ora de pintor, ora de marceneiro. Claro que há dois rapazes lá em casa que já lhe querem seguir as pisadas e que vivem orgulhosos deste homem faz tudo que é o pai deles. Querem aprender tudo e, sempre que podem lá vão eles para o atelier do pai, que entre tintas e goivas lá lhes vai ensinando algumas coisas.

A pintura há muito que faz parte da sua vida, e tenho a certeza que chegará o dia em que poderá ser este o principal trabalho da sua vida.

A dedicação ao trabalho com madeira é mais recente, uma paixão a crescer a olhos vistos e da, mesma forma que um negócio também a crescer a olhos vistos (como não podia deixar de ser, pois não há peças com as dele).

Eu, não só como sua mulher mas como parte integrante deste nosso negócio familiar , não posso deixar de fazer publicidade ao facto dos seus desenhos estarem  todos com saldos de 40% até ao próximo dia 15 de Janeiro e de vos convidar a tod@s a espreitarem (e não só!) a sua página de desenhos e pinturas aqui. Como também a verem o trabalho espectacular que faz com madeira.

Quando começarem a ter as suas obras em casa, seja os seus desenhos pendurados na parede ou as suas peças de madeira para servirem seja o que for, vão perceber que não é só por ser ELE que faço aqui publicidade.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s