Do Japão 


  
  
  

Iam ser dois posts diferentes: um sobre os filmes do Miyasaki e outro sobre um novo livro de costura, que estou a adorar . Mas depois percebi que era all about the same. Juntasse-lhe eu sushi,  “a grande onda de Kanagawa” – que temos na nossa sala- o Lost in Translation – dos meus filmes preferidos- ou o Kill Bill  e fazia um post sobre tudo o que adoro que tem a ver com o Japão. Porque acho tudo espectacular. Mas vou destacar  o que marcou a minha semana:
1. Hayao Miyasaki

É, sem dúvida, o nosso realizador de animação preferido. Já tinhamos visto com eles o Castelo Andante e, ainda estávamos à espera da melhor oportunidade para lhes mostrar o fantástico “Viagem de Chihiro”. Temos aproveitado eles estarem de férias, e de estarem muitos dos filmes dele no netflix para os vermos todos juntos . Tem sido demais. Já vimos a “Princesa Mononoke” – o preferido da Luz, o “Totoro” – preferido do Benjamim, revimos o “Castelo Andante” – o preferido do Jacinto e “A viagem de Chihiro” – o preferido meu e do Francisco (e o mais extraordinário). Eles estão fascinados com estes mundos estranhos e mágicos, nós também, claro, a adorar rever estes filmes, tentado perceber com qual livro  se parecem mais (para mim a Viagem de Chihiro é uma mistura do Processo do Kafka com a Alice no país das Maravilhas)  e identificando-nos com os seus valores ecologistas  e relação com a natureza. Não sou muito de aconselhar nada a ninguém. Mas, neste caso, faço-o sem pudor. É beleza em forma de desenhos animados.
2. O livro de costura

Na verdade já há muito que oiço dizer que os livros japoneses, sejam eles de costura ou de tricot, são os melhores, os mais bem explicados e os mais bonitos. Mas, sobretudo por achar  não iria  perceber nada, nunca me tinha iniciado neles (apesar de ter uma amiga que vive no Japão e que já se tinha oferecido para mos enviar) e tinha apenas dois livros de costura: Um piroso e mal traduzido e outro que já fiz tudo o que lá havia. Chegou então o dia. Aconselhada por algumas destas costureiras fantásticas encomendei este livro.

É incrível a perfeição com que tudo é apresentado, sempre simples e lindo, os moldes perfeitos e as instruções tão bem elaboradas que nem é preciso saber coser, é só fazer o que eles mandam e já está!
Comecei por fazer este vestido para as duas meninas – é óptimo porque o livro tem 20 projectos, com bastante variedade para rapaz – o que é raro – e sempre com moldes para os 2,4,6 e 8 anos.

Já fiz estes dois vestidos, mas tenho muito mais coisas “na manga ” e a certeza de todo um novo mundo se abriu para mim. Directamente do Japão .

Anúncios

13 thoughts on “Do Japão 

  1. ai o Japão!! ❤
    tenho em Tokyo, vai para 6 anos, uma filha (a que me apresentou este seu blog) e duas netas "anglolusonipónicas" 🙂
    conto lá ir este verão… 🙂 …
    resto de boa semana (a 2ª feira já passou… e é quase 6ª ;)!)
    beijocasssss… ❤ …

  2. quanta indelicadeza minha!! 😦 esqueci-me de dizer que os vestidos estão um mimo! ❤ ❤ ah!… e ainda hoje, recebi uma foto das cerejeiras em flor… lindo! 🙂
    que o vosso oó seja doce ❤

      1. sou sim, minha linda! ❤
        foi a Sara quem me apresentou este seu blog, que eu sigo, religiosamente, com muita ternura ❤
        sei que ela ia adorar ter esta sua amiga por lá :)…
        força, querida Maria! 🙂 admiro-a imenso e à sua maravilhosa família.
        a sua filosofia e forma de vida, são as minhas.
        que coincidência, a amiga de quem fala neste post, ser uma das minhas filhotas! ❤ 🙂 ❤
        votos de dia generoso e 1000 beijocassss ❤ ❤ ❤

  3. Olá Maria,
    1º comentário no blog que sigo há já alguns (largos) meses pela enorme coincidência do post. Acabada de chegar de longe para confirmar as suspeitas: o Japão é, sem dúvida, a confirmação de beleza, respeito pelo outro e singularidade, como tal, daquele que era também um grande sonho.
    Já somos duas a ter “A Grande Onda” em casa… 🙂

  4. Maria,
    Subscrevo as tuas referências ao Japão.
    Há muito que utilizo os livros de costura japoneses e os esquemas são de compreensão acessível e por isso os tenho em japonês. Alguns podem ser comprados e folheados na loja da Rosa Pomar.
    Quanto ao Myasaki há mais um filme no netflix- As asas do Vento.
    E recomendo um filme de animação para adultos( apesar de o ter visto com os meus filhos) sobre a vida do mestre Hokusai, “miss Hokusai”, este não está no netflix…
    Os vestidos e os parkas estão amorosos.

  5. Boa noite 🙂 apesar de ser o meu primeiro comentário já sigo o seu blogue, diariamente, já algum tempo.. Para uma ‘naba na costura’ como eu, com um bebe de 19m, que livro aconselha para começar a fazer as primeiras peças de roupa para o meu rapaz?! Obrigada:-)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s