A tradição já não é o que era 


E é assim. comecei por me comprometer a fazer roupa para eles em ocasiões especiais. Depois tomei-lhe o gosto, resolvi comprometer-me a fazer pelo menos uma peça de roupa por mês, parecia-me um desperdicio ter a capacidade e os meios para fazer roupa para todos e apenas usá-la em ocasiões especiais.

Desde aí tenho tido um 2016 bem lançado e muitas toiletes novas têm tido os meus filhos. Este livro tem ajudado, e muito. Mas também descobri alguns sites com moldes e instruções de roupa mesmo muito gira (tenho um macacão para mostrar em breve)
Depois de andar a pensar muito neste assunto, resolvi alargar o tipo de peças que faço e começar a fazer também peças mais básicas (até cuecas) e tentar fazer uma boa percentagem da roupa deles. Por isso, preparem-se que vem aí muita produção (e peço desculpa antecipada aos que não adoram posts de roupa).
Estas camisas e vestidos foram feitas para eles usarem os quatro ao mesmo tempo, o que ainda não foi possivel – as meninas tanto usaram os vestidos que, quando as camisas ficaram prontas já tinham ido para lavar –

Agora, imagino que quando os vestidos voltarem serão as camisas que estão para lavar mas prometo uma fotografia no primeiro dia que tiver os quatro às risquinhas!

Anúncios

13 thoughts on “A tradição já não é o que era 

  1. Olá Maria. Quem me dera ter uma maquineta para aprender a costurar. Gosto dessas roupas que lhes tens feito. O que mais gostei, além dos vestidos, foi um género de parka para os rapazes. Umas que tinham capuz. A minha tia, que mora mesmo na casa ao lado, tem uma singer 591. Qualquer dia ainda me aventuro. O problema é que não sei nadinha de nada 🙂 Beijinhos e continua

  2. Maria, parabéns, a sério, não é fácil com trabalho e 4 filhotes conseguir gerir a loucura do tempo e sairem coisas assim, maravilhosas!
    “parecia-me um desperdicio ter a capacidade e os meios para fazer roupa para todos e apenas usá-la em ocasiões especiais” eles jamais esquecerão (também) esses mimos ;-)!

  3. Amei os vestidos…faz-me lembrar as coisas que a minha mãe costurava para mim, ela tinha de facto mt jeito, cresci rodeada de Burda’s em alemão…agora a minha Mais Nova queria que aprendesse a fazer tricô, sugeres algum livro que eu possa requisitar na biblioteca Maria?
    Beijinhos

  4. Mary, minha querida e que tal equacionares uns workshopzinhos hum? eu gostava muito! assim à laia de ah e tal vou ali fazer um vestido com as amigas e mostro-lhes como se faz? hum? pensa nisso, beijos!!!

  5. Gosto tanto tanto! Os vestidos dão-me uma vontade louca de ter uma miúda e as camisas quero igual para o Xavier! Eu sei que o mote é “sem nenhuma etiqueta”, mas já mereciam uma etiqueta seismaisdois ❤
    Tenho a máquina, tenho alguns livros e já fiz uma ou outra coisa, mas sou tão trapalhona e ansiosa para ter as coisas prontas que salto passos essenciais e acaba tudo com péssimo aspecto!
    Beijinhos

  6. Adoro ! Muitos parabéns ! E adoro a ideia de fazer uma peça por mês (agora mais ), também já pensei várias vezes estabelecer para mim esse objectivo, mas depois não consigo cumprir.. Fico sempre ansiosamente a espera do post seguinte 🙂 beijinhos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s