Um almoço , umas roupas   e dúvidas existenciais 


muito tempo que tinha prometido aqui uma fotografia deles quando estivessem todos vestidos ao mesmo tempo com as estas roupas que lhes fiz.

Não foi a primeira vez que estiveram os quatro com as camisas e os vestidos, mas a primeira em que se proporcionou tirar-lhes umas fotografias.

Ontem tivémos um almoço, um almoço que se repete todos os anos, vai para sete anos. Amigos, muitos amigos ainda do tempo do liceu que se juntam todos neste dia, com a desculpa de receber uns dos amigos, emigrados na China. Mas, se no inicio o pretexto era esse, hoje em dia é muito mais. Muitos (tantos) casais emigrados e muitos amigos que, apesar de não estarem emigrados também só revemos neste dia. Na verdade é mesmo um grande reencontro.

E, claro a nível da roupa  é ” o evento” de Verão (também percebi que no Inverno há imensas coisas: Natal, festas, passagem de ano) e, no Verão é raro tirarem os fatos de banho e roupas velhas.  Por isso, adoro que vão os quatro de igual  e todos bem vestidos -apesar da informalidade do programa-  sendo que  também é para facilitar, porque com tanta criança (muitas crianças!) fica mais fácil procurar os meus quatro se estiverem iguais.

Enfim, na verdade escrevi este post e pensei: um fim de semana tão quente e a um a coisa que tenho para contar é que tive um almoço e que eles iam de igual!?!  “Maria, o que se passa contigo!!” Um dia de praia quente e cheio de gente e um almoço, quente e cheio de amigos. Ok.. Já ninguém aguenta. Na verdade, nada de novo. 

Foi aí que comecei a pensar: será que vou continuar a ter coisas para contar aqui? Será que os meus leitores se vão enjoar do meu dia-a-dia, das minhas reflexões e das minhas parvoíces. Quando chegará o dia que começam a ficar maçados de mim? (Já o vi mais longe…)

Por isso não  tenho escrito muito aqui, não só por questões pessoais e familiares que me tiram disponibilidade mental e horária, mas também pelo facto de andar um bocadinho desencontrada com os artigos que faço. E tudo o que penso e escrevo me parece repetitivo e enjoativo.

Não sei sobre o que me apetece escrever.

Estou numa encruzilhada sem saber muito bem para onde me virar. E então preciso da vossa ajuda…

O que mais gostam de ler por aqui e o que gostavam de ler mais?

Anúncios

29 thoughts on “Um almoço , umas roupas   e dúvidas existenciais 

  1. parabéns pelas suas crónicas, gosto de todas, o melhor é continuar como tem sido até agora, escreva quando acha ou sente que tem alguma coisa para dizer , lá diz o velho ditado ” em equipa que ganha, nao se mexe”!

  2. Adoro as receitas, as idas à horta, os programas ao ar livre, a vossa liberdade de viver, do pouco ser faz muito. Do vosso sacrifício para que não lhes falte nada, mas não há coisas supérfluas. Há o essencial ao coração. Há lá coisa mais valiosa que a nossa família…

    1. Faço minhas as palavras da Margarida. Gosto da autenticidade de quem vive o dia-a-dia em busca da felicidade. A Blogosfera está cheia de mães que descrevem super fins-de-semana com muito glamour numa praia x com brunch no hotel y e com roupas da marca z…tudo patrocinado. Aqui neste blogue temos um pequeno Oasis de simplicidade. Bem-haja

      1. Sim sem dúvida, subscrevo inteiramente. Partilho constantemente os seus posts com o meu marido, são pessoas como nós, a serem fantásticos pais, com sacríficios e muito esforço. Parabéns pelo blog, é inspirador!

  3. E estes posts tambem… a par com as dicas praticas de gestão dia a dia, receitas, programas aventura, desabafos…. ! A soma das partes continua sempre a ser maior!;)

  4. Maria, a beleza das tuas palavras está exatamente na espontaneidade com que escreves o sentes que te apetece partilhar. Tu dás, nós recebemos, e acredita que é muito gratificante.

  5. Olá Maria

    Sinceramente gosto imenso de ler os seus post, nomeadamente tudo o que diz respeito as crianças e a sua criatividade para lhes transmitir valores muito importantes como o facto de valorizarem mais a companhia uns dos outros em prol de bens materiais. Também admiro onde com 4 crianças pequenas vai buscar tempo, imaginação, vontade para escrever. Continue, não me parece que alguém esteja cansado de ler os seus post. Um beijo Vp Enviado do meu iPad

    No dia 25/07/2016, às 22:39, seismaisdois escreveu:

    > >

  6. Bom dia Maria
    Tudo o que foi dito acima é a verdade! É isto mesmo que gostamos de ler aqui a história da vossa vida da vossa família que é maravilhosa. Por favor não desistas, continua que nós cá deste lado gostamos muito.

  7. Gosto de ler sobre a banalidade das rotinas do dia-a-dia de uma família simples, com 4 crianças!!
    Das receitas, dos programas… (mesmo que sejam estar em casa…)

    Um beijinho

  8. Acho que é perfeitamente normal um ou outro bloqueio! Tranquila Maria, são fases!
    Vejo isto de escrever como algo que nos sai naturalmente da alma, por isso penso que mesmo que recebas sugestoes para temas, os posts mais giros serão sempre aqueles que escreves sem pensar muito.
    De qualquer forma, aqui fica a minha sugestao:
    -todos os posts com receitas, adoro!
    -os post de como fazer ginastica orçamental e mesmo assim entreter os miudos, picnics e afins
    -filosofias de vida e remar contra a maré
    -info sobre costuras
    Na verdade quase tudo o q escreves desperta o interesse. Parabéns e não desanimes!

  9. Ola Maria,
    Adoro este Blog tal como tem sido, tenho muitas parecenças com a vossa familia e vou-me motivando com as tuas palavras.
    Adoro quando dás dicas de menus semanais, de quando falas de quantos kms já correstes, ajuda-me a ter força para tb querer fazer, os vossos programas dao-me ideias para tb fazer com os meus filhos…
    Sei que gerir tempo para o blog deve ser dificil, mas não pares de partilhar as tuas ideias/dicas/soluções/sugestões, até mesmo ver as fotos dos teus filhos felizes da-me vontade de ter mais filhos (e já tenho três).
    Força e beijinhos de energia.
    Joana

  10. Olá Maria
    Gosto de tudo, porque também sou mãe, por isso o que gosto:
    – Receitas (já agora onde está a receita do pão e pizza?);
    – Atividades com as crianças e passeios (se possível com a descrição onde estiveram ou como lá chegar);
    – Gestão orçamental;
    – Educação e transmissão de valores;
    – Relação entre irmãos, amizade e partilhas;
    – Horta e bricolage;
    Enfim, gosto de tudo porque é um blog de verdade, com uma família que tem uma vida normal. Que não vive do blog e não tem de escrever ou sugerir coisas patrocinadas.
    Beijinhos

  11. Maria, adoro todos os textos…dos mais banais, da rotina, do dia-a-dia…àqueles outros que nos deixam a pensar e que nos transformam como pessoas. Até a minha forma de ser mãe foi tocada por este blog :). Bom, bom, bom…é continuar tal como é! beijinho e obrigada por tudo!

  12. Faço minhas as palavras dos comentários anteriores… Continua Maria!!! Na tua simplicidade e espontaneidade está o grande valor do teu blog: as tuas receitas, a tua costura, as tuas dicas, a tua família!!! É tudo original e sem “parcerias”!! Adoro e sou tua fã!! Mas compreendo que precises de tempo para “pensar”… ❤

  13. Este blog é uma inspiração! São partilhas e recortes de momentos de uma família que ajudam tantas outras famílias a terem ideias criativas e a interiorizarem novas rotinas que podem ser valiosas nas suas vivências. Continue a escrever Maria 😉 receitas, ideias de como poupar, novas brincadeiras com filhos, passeios, emoções e vivências. Um beijinho Mafalda

  14. Não deixe de escrever nem escreva o que não quer. O seu blog é uma lufada de ar fresco ! é natural, despretencioso, acerca da vida de uma familia “normal” (sejá lá o que isso for) e cheia de boa onda. Faço minhas as palavras dos comentários acima e Parabens !

  15. Olá, a minha vida também é assim, com dias muito cheios de coisas para contar e outros (muitos) em que o que temos para resumir ao final do dia é que estivemos juntos. Por favor não desista de vir aqui, precisamos de saber que os que têm vidas simples não são “aves raras”.

  16. Maria, o que mais gosto no seu blog é a simplicidade e a felicidade, apesar das dificuldades do dia a dia.
    Já agora, os seus posts de “economia doméstica” e culinária são muito úteis.
    Continue!

  17. Olá, Maria: Gosto de tudo. Genuinamente. Não consigo agora fundamentar. Faltam-me as palavras. Espero que, no meio de tormentas ou dias felizes, continue. sine die.

  18. Acho que tudo já foi dito, mas a verdade é que não queremos que nos deixes sozinhas com os nossos medos, inseguranças, desafios, seguranças, conquistas, enfim, com as nossas cenas, que afinal são as cenas de muitas mães/mulheres. Precisamos dos teus textos, precisamos de ti …
    Abraços e muita força 😀

  19. Comidas simples e boas,
    dúvidas existencias, ahahahah…
    formas simples de distrair as crianças…
    passeios com a família…!
    ….
    e tudo o mais que nos liberta! É isso que gostamos de ler, para simplificar e desmistificar! You go!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s