Hoje 

– estou a pensar no que me deu para escrever ontem isto e agora só querer que seja fim de semana e  tenha de fingir  que não, que adoro os dias todos e os vivo intensamente sem querer que o tempo passe mais depressa;

– estou a pensar que  ainda estamos em terça feira e já só penso em todos (quase todos) os programas que tenho planeados para este fim de semana;

– estou arrependida de ter adiado para o próximo fim de semana o  pior programa do ano – trocar as roupas dos armários do Verão para o Inverno; 

– estou decidida a não vacilar amanhã na minha corrida matinal, embora some duas noites mal dormidas seguidas e confesse uma luta interna brutal para conseguir sair da cama para ir correr no escuro da noite;

– estou viciada no livro do Bruce. Já gostava dele, agora passou de ídolo a herói. Encantada e emocionada com o que ele conta, pensa e sente;

– estamos a ver com eles esta série. Fortíssima. Não a vi em pequena (eu era muito estranha, não via televisão). Mas estou a adorar  vê-la agora, uma bonita história que traz com ela uma mensagem extraordinária. Tem sido um bom programa para o nosso serão;

– estou a tentar fingir que adoro o Inverno;

– estou viciada neste disco;

– estou irritada com o tempo que estou a levar para fazer um pequeno  casaquinho para a Jasmim e a lembrar-me porque nunca opto por tricotar padrões lisos – aborrece-me e fico farta muito mais depressa;

– estou chateada com o problema da minha máquina de lavar roupa que faz com que as meias entrem aos pares e saiam sem eles;

– estou orgulhosa do lixo que temos conseguido reduzir, sem grande esforço, só com um bocadinho mais de consciência ao longo do dia;

– estou orgulhosa dos meus filhos que, também eles já levam com eles um bocadinho desta consciência que lhes temos tentado passar;

– estou farta da piolhos;

– estou com sentimentos contraditórios em relação a um projecto pessoal que tenho em mãos;

– estou farta de escrever e falar sem pensar;

– estou farta de pensar demais;

– estou-me a sentir privilegiada por ver, todos os dias, o passar das estações no mar.  

Anúncios

20 thoughts on “Hoje 

  1. hoje:
    – gosto cada vez mais deste blog 🙂
    – foi dia de comentar pela primeira vez, depois de mais de um ano como leitora fiel mas silenciosa. este cantinho já fez com que começássemos a fazer massa fresca e pizza, pão e cereais da força (eles ainda não estão muito convencidos… continuam a preferir trigo integral tufado).
    todos e cada um dos seus posts me fazem tanto sentido. muito, muito obrigada.

  2. Olá!!!
    Hoje é o dia em que comento! Há sempre uma primeira vez! Primeiro gostaria de agradecer pela a inspiração ao longo dos últimos anos! Muito grata mesmo!!!
    E comento para sugerir uma mézinha para os piolhos! Essência de alfazema! Eles não gostam, mesmo nada! E fogem a sete pés deste cheiro! Basta colocar umas gotas no cabelo ou atrás das orelhas e assim faz-se uma prevenção simples e barata! Faça a experiência e se não funcionar pelo menos fica um cheirinho bom!
    Abraço e continuação de um excelente dia!

  3. Olá Maria! Mais uma estreante nos comentários 🙂 Leitora fiel do blog, uma inspiração, uma delicia ler e sentir-me agradecida por nos deixar “participar” no vosso quotidiano familiar! Graças à Maria voltei às minhas agulhas de tricot e cada vez mais tenho vontade de me aventurar na costura!
    Uma dica para o mistério das meias perdidas: alfinetes de bebé 🙂 basta prender uma meia na outra antes de as levar à maquina ou então opte por fazer (ou comprar) um saquinho com fecho onde coloca todas as meias antes de as meter na maquina… eu optei pelo saquinho (de rede, comprado no Lidl).
    Beijinho e muito muito obrigado! 🙂

    1. Ia dar a mesma sugestão para o problema das meias, e uso o mesmo saquinho do lidl (um maior para as meias adultas e um mini para as meias do bebé). E também uso para lavar na máquina as minhas roupas interiores mais especiais.

      1. (espero que este comentário apareça no seguimento da sua resposta eheh)
        É a coisa mais fácil do mundo de fazer. É um quadrado de 1 palmo x 1 palmo (o grande) com fecho e imagino que convenha ser feito de rede para lavar bem. Posso fotografar mais logo e mandar-lhe. Como mando? Bjs e um óptimo dia. Aproveito para dizer que ter posts em dois dias seguidos melhora a minha semana ❤

  4. Que espanto de fotografia!
    Meias é um never ending story cá de casa
    Este tb vai ser o meu fds de mudança de roupa de 4+1. Só de pensar nisso, perco a coragem.
    Trato dos piolhos com pente e álcool e uma fralda de pano enrolada à cabeça. É o que não tem falhado..

      1. Não, ponho directamente na cabeça (com cuidado, claro). Normalmente, faço o seguinte processo ao fim do dia. Lavam cabelo, ponho amaciador e ponho o pente, pois os piolhos escorregam no amaciador. Depois de passar o cabelo por água e “secar” com uma toalha, ponho o álcool na cabeça (mais atras das orelhas e nuca), depois passo o pento, de novo, ponho mais um pouco de alcool e ponho a fralda de pano enrolada na cabeça. São duas a três noites para ficar mesmo sem nada. Não dá saúde ao couro cabeludo, certamente, mas os outros produtos à venda não me parecem mais saudáveis.

  5. Também adoro ler os seus artigos, continue por favor!!! São inspiração, e é um incentivo para fazer mais e melhor, ando na luta contra o lixo, o plástico, os pacotes e embalagens.
    No curso de psicologia pelo 1º ano, e mãe de 3 é delicioso, mas cansativo e frustrante, querer tirar partido com eles dos fds, quando agora começa o inverno chuvoso e não tem muitas alternativas para enriquecer o conhecimento e diverti los aos mesmo tempo.

  6. “que força é essa, que força é essa que trazes…” ❤ / Sérgio Godinho
    (tenho estado ausente, porque o meu computador "adoeceu", mas, sempre que posso, venho aqui… 🙂 …)
    beijocassss

  7. Olá Maria !
    Também passo aqui só para dizer que cada vez gosto mais do seu blog e que fico também espantada em como lê-lo já adicionou tantas coisas boas à minha vida – desde os cereais , à compostagem, à horta (que é a mais recente paixão ) , ou à corrida . Mesmo os pensamentos menos reflectidos são saborosos de ler! É o único blog que sigo 🙂 beijinho e obrigada por esta partilha 🙂

  8. Olá Maria !
    Também passo aqui só para dizer que cada vez gosto mais do seu blog e que fico também espantada em como lê-lo já adicionou tantas coisas boas à minha vida – desde os cereais , à compostagem, à horta (que é a mais recente paixão ) , ou à corrida . Mesmo os pensamentos menos reflectidos são saborosos de ler! É o único blog que sigo 🙂 beijinho e obrigada por esta partilha 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s