be thankful (for what you’ve got)

img_4053-2

1.O nosso filho Benjamim enviou hoje uma carta para o seu melhor amigo. O seu melhor amigo vive na Polónia. Nasceu em Portugal mas, aos 5 anos depois de assistir junto da sua irmã aos seus pais a morrerem num trágico acidente, foi viver junto dos avós na Polónia, pois não tinham cá mais ninguém.

2.Razões pessoais tornaram a ala pediátrica do IPO um local muito próximo para mim. Há uns tempos chegou uma menina de dois anos vinda de Cabo Verde, acompanhada de sua mãe. Os tratamentos da  Leucemia que lhe foi diagnosticada terão a duração de dois anos. Ficarão cá as duas, numa residência do IPO, durante estes dois anos. Para trás ficou um emprego, uma casa, uma família e outros filhos. Para a frente  dois anos duros de tratamento, fora o resto.

Como não estremecer todos os dias por histórias assim?

Como não agradecer todos os dias (só) por ter comigo o melhor de mim? 

Anúncios