Faz (aTua) Parte


Não era a praia que tínhamos planeado limpar, mas a Meia-maratona de Lisboa alterou-nos os planos. Os planos não, mas sim o destino do plano.

Só que a motivação era muita pelo que, nem o facto de estarmos na única praia do país que não tinha sol nos demoveu. 

Quando chegamos, pareceu-nos que a praia estava limpa, mas  mal começamos a   limpar percebemos que não era bem assim: Num instante enchemos vários  sacos com porcaria: Latas, pacotes, detergentes, cotonetes (?), redes plásticas, sacos etc.

A ideia não é inovadora e, felizmente, já existem imensos grupos a limpar praias, serras e florestas. Já estive inscrita como voluntária neste grupo  mas, por uma razão ou por outra (normalmente de logística) acabei por não me juntar a eles. Se tudo correr bem, será este ano que me vou estrear.

Mas, até lá não queria estar parada pelo que, juntamente com um grupo de amigos (que anda empenhado em ajudar o ambiente e focado em mudar um pouco de atitude perante o nosso querido planeta) combinámos pegar em nós e ir limpar a praia. 

Os objectivos eram vários: 

-Ter noção do lixo acumulado durante o inverno, trazido pelo mar (e não só).

 -Passar a mensagem aos nossos filhos, como forma de tomarem consciência de um problema, grave, totalmente provocado por nós e que apenas nós o poderemos resolver (e que sensibilizados ficam eles com tudo isto!)

-Motivar para a organização de outras acções deste género, noutros sítios ou participação em grupos locais organizados deste género.

 -Deixar a praia e o mar, um bocadinho mais limpos.

Correu tão  bem  que vamos continuar a fazer o mesmo, noutras praias, bosques ou florestas. Já temos um nome, já somos uns quantos e a motivação é gigante. 

 Adorávamos que alguns de vocês se juntassem a nós, tornarmos isto uma coisa regular e cada vez sermos mais para limpar cada vez mais! Quem alinha? Quem quer limpar o mundo connosco?

Prometo um piquenique partilhado no final, bem apetitoso e divertido, com sabor a dever cumprido!
 

Advertisements

18 thoughts on “Faz (aTua) Parte

  1. Maria!!!! Eu e a minha querida amiga Cae seguimos o teu blogue e adorámos a ideia de nos juntarmos a esta maravilhosa utopia….também queremos limpar o mundo convosco. Como é que o podemos fazer?

  2. Que bela iniciativa Maria! Desde miúda que me lembro da minha mãe, nas nossas caminhadas pela praia, apanhar sempre o plástico para colocar no lixo. Hoje em dia sou incapaz de não fazer o mesmo. um beijinho

  3. Muito fixe, Maria! Das poucas vezes que vamos à praia no inverno também recolhemos muito lixo, é impressionante a quantidade que apanhamos em apenas meia horinha. Normalmente não vamos com esse intuito, mas é-nos impossível ficar indiferente. Com certeza que alinhamos 🙂

      1. Claro que sim! Agradeço 🙂
        E aproveito para deixar convite para virem ver no sábado à tarde, no Parque das Conchas no Lumiar, o resultado Final do projecto Educativo do LisbonWeek que fizemos com os alunosde 13 escolas do Bairro. Exposição Salvem os Oceanos, arte feita com plástico recolhido na praia, está demais!

  4. Olá! Cheguei “aqui” porque uma amiga partilhou no facebook e resolvi espreitar. Adoro praia e mesmo no inverno procuro ir sempre que posso e o tempo permite, e de facto é uma tristeza o que fazemos para estragar o que de tão bom temos. Achei a ideia belíssima… Se pensar ir para a frente, sugiro: divulgue para que seja possível aderirmos em diferentes praias e dias, consoante a proximidade e disponibilidade de cada um. Um beijinho e obrigada pela iniciativa 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s