Fraldas reutilizáveis

0-10-20

Prometi há dias falar (e fazer um video) sobre as fraldas reutilizáveis.

Acontece que há tanto para dizer, e tantas perguntas por responder que – depois de várias tentativas fracassadas e videos longuíssimos, optei por  escrever. Na verdade estou bem mais confortável a escrever do que em frente à câmara.

É um tema que dá pano para mangas as fraldas reutilizáveis.  Será que compensa o investimento? Que impacto tem na pegada ecológica? Como se lava? etc

Não sou especialista nestas fraldas… de todo e por isso estou só a falar daquilo que é a minha experiência pessoal. Mas a Bambino Mio desafiou-me então eu vou tentar.

É mais fácil fazer isto no esquema “pergunta – resposta”- imaginando as perguntas que vocês fariam. Se tiverem mais perguntas, façam-nas nos comentários deste post ou nas stories do instagram, que eu, se souber, tento responder.

Porquê usar fraldas reutilizáveis?

Cada bebé produz 1 tonelada de resíduos de fraldas descartáveis e cada fralda pode demorar até 500 anos para se decompor. O que é um número perfeitamente assustador. Acho que não é preciso dizer muito mais…

As fraldas reutilizáveis apresentam tecidos super absorventes em vez de géis químicos que podem ser encontrados nas fraldas descartáveis, o que ajuda a evitar possíveis danos à pele do bebé.

É difícil explicar por palavras a sensação de trocar uma fralda e não deitar para o lixo.

Porquê só estás a usar estas fraldas ao quinto filho?

 Porque durante os outros filhos, e apesar de saber que no final é uma poupança, nunca consegui ter dinheiro para o investimento inicial que é preciso para usar estas fraldas.  Podia ter comprados aos pouco, mas na altura não me ocorreu. Quando o Lucas nasceu, tive uma querida seguidora que, ao desfraldar o seu bebé mais novo, me ofereceu um grande conjunto destas fraldas.

E achas que compensa financeiramente?

Acho, é uma questão de fazer as contas. Mas a minha resposta é SIM, compensa. Claro que estamos a falar de gastar muito dinheiro de uma vez só mas, ao fim de meio ano já está a compensar. Estamos a falar de um investimento inicial de cerca de 300€ (talvez mais… O ideal será utilizá-las para outros filhos, sobrinhos, amigos. E atenção! só desta forma podemos dar sentido ao ecológico destas fraldas.

 E qual o impacto ambiental destas fraldas?

Esta questão é muito pertinente (hahahah- parece mesmo que estou a ser entrevistada) as fraldas têm de ser lavadas e  vai haver mais carga na máquina por causa das fraldas. Mas, claro, mas como em tudo é importante sermos sensatos: não vamos lavar uma máquina só com três fraldas. Quando fazemos uma máquina, acrescentamos três ou quatro fraldas. Cá em casa, por questões óbvias já faço bastantes máquinas por isso vou acrescentando as fraldas, não sinto que tenha aumentado as máquinas de roupa que faço semanalmente. Claro que se todos os dias fizermos máquinas só com fraldas estamos a ser contraproducentes.

Quantas fraldas são precisas?

Depende do número de fraldas que o bebé usa por dia e da quantidade de máquinas que se faz.. Eu ainda não uso SÓ fraldas reutilizáveis, por isso quando não consigo ter as fraldas lavadas e secas a horas uso das descartáveis.  Com a chuva é super complicado elas secarem pois demoram bastante tempo a secar.. Não consigo dizer-vos esse número mas podem sempre começar por ter 4 e depois ir comprando aos poucos  e ficam com uma ideia mais real da necessidade.

Que fraldas recomendas?

Aqui, vou ser muito sincera – estou mesmo rendida às miosolo tudo em um   – um dos tipos de fraldas  da marca bambino mio que é tudo em um! As que eu tinha antes desta – o paninho de algodão e a “cueca” à parte muitas vezes me levava à preguiça de colocar, de levar para fora e de mandar para a escola. Mas isso sou eu, sei de muitas pessoas que preferem as fraldas com o absorvente em separado. Talvez o ideal seja ter metade de cada uma!

E absorvem bem?

Absorvem mesmo bem, muitas vezes mais do que as descartáveis parece que não “incham” tanto.  Relativamente ao cheiro a xixi, sei que é uma questão mas também não sinto mais do que uma fralda descartável…

E o cocó?

O cocó também não é um problema (para mim).  Existem uns liners  – completamente biodegradáveis – que se pode por na fralda para não estar em contacto directo com a fralda. Mais simples, mas ainda assim é opcional.  Tenho um rolo desses sempre no muda fraldas, mas quase sempre me esqueço de pôr.  Depois é só deitar retrete abaixo e lavar a fralda normalmente. Caso contrário, cocó retrete abaixo e  uma chuveirada na fraldas e fica o problema resolvido.

Agora para evitar as minhas tristes figuras a fazer videos explicativos deixo-vos aqui um video destas fraldas reutilizáveis tudo em um que agora ando a usar !

E não se esqueçam, se acharem que posso responder  a mais alguma pergunta digam!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s