Querido diário, dia 5



Hoje acordei e decidi que ia ficar de pijama até mais tarde (coisa que nunca faço, mas como tinha um pijama novo, achei que tinha de ser ahahah) sentei-me um bocado ao computador e decidi que não ia tomar banho. Parece-me um exagero o gasto de água a tomar banho todos os dias uma vez que não saio de casa nem tenho feito exercício. Vou começar a ponderar seriamente o banho dia-sim dia-não. Soube-me bem arrastar-me em pijama mais um bocado, embora bem sei, é importante manter a rotina e os cuidados básico blá blá blá mas… não sentem que este confinamento está a ser estranho? Será pelo carácter repetitvo numa situação que não era suposto viver outra vez? Porque será que desta vez ninguém desenha arco iris? Porque será que não se vê festas zoom? Porque será que não vamos à janela bater palmas? Talvez por já estarmos numa relação íntima com as palavras confinamento , isolamento e quarentena. Talvez por sabermos que as coisas, desta vez estão mal e mesmo aqui à nossa porta?

Por aqui, sinto que preciso de por mais ordem nos dias mas não estou a conseguir. Agora vêm aí a escola à distancia e eu não estou mesmo a perceber como vou fazer isto. Não tenho tempo para todos não tenho computadores para todos , não tenho cabeça para tudo.

Mas, adiante… Saí de casa de manhã para ir aos correios pôr a carta para a Inórdia e pôr a arranjar o telefone do Ben que se avariou. Soube-me bem a voltinha nas redondezas depois de tantos dias sem sair de casa, soube um bocadinho a normalidade e por momentos quase me esquecia disto tudo – não fosse precisar de beber um café e não ter nenhum sítio para o fazer.


Depois – lá está e isto ainda nem começou – fiquei muito chateada comigo própria porque, o Lucas tinha uma reunião com os amigos e educadoras e quando me lembrei já tinha acabado, e tenho a certeza que ele tinha gostado tanto de ver os seus amigos….à tarde , também a Luz tinha uma reunião com a sua professora e amigos e…. esqueci-me outra vez!!

Estes dois lapsos fizeram-me decidir que, na próxima semana vamos voltar a ter um horário familiar super estruturado que me vai fazer sentir que sou uma mãe super organizada (mas claro, só até perceber que vou continuar a falhar).
Tomei outra decisão também: sinto que às vezes sou um bocadinho exigente demais ao começar a segunda feira a fazer listas infidáveis de to-do’s. Pois bem, vou trocar a lista dos to do’s e chamá-la de “ideias” e vou fazer uma lista bem grande e visível dos DONNES. Assim em vez de viver stressada com o que não consegui fazer vou dar mais valor ao que fiz. E o resto, é apenas uma lista orientadora de ideias (tipo: ideia: pagar a conta da água ahahah)

Entretanto acho que a melhor parte do dia chegou já perto da hora de jantar e que, até lá nem me lembro bem do que fizemos: reuniões – agora trabalho eu. Agora trabalhas tu. Agora arruma a casa. Agora faz o almoço. Agora despeja a terceira máquina da loiça do dia. Agora trabalho eu. Agora trabalhas tu. And so on…

Mas, perto das 7 da tarde fizemos um jogo bem giro que acho que é a única coisa divertida que tenho para partilhar do dia de hoje: Uma mistura de Pictionary e Mímica – que jogamos muito cá em casa – Então: Num saco pomos vários papeis com nomes, verbos, personagens, pessoas reais. etc. Cada um tira um papel – à vez – e lança o dado (se sair impar faz mímica, se sair par desenha). Quem adivinhar fica com o papel para si. O jogo acaba quando o saco estiver vazio e ganha quem tiver conseguido mais papelinhos. Estávamos a pensar amanhã repetir mas com equipas para evitar a gritaria de hoje com todos a gritar coisas ao mesmo tempo. O Jogo estava tão divertido que acabámos por jantar ali mesmo na sala, enquanto jogávamos – era um jantar que normalmente comemos em taças por isso até foi prático (faço muito este guloso mac-and-cheese : uma bomba que todos adoramos…)
Consegui que eles se deitassem cedo e até contar histórias, chá e tudo e tudo mas, agora enquanto escrevo isto com um cão e um gato em cima de mim os miúdos ainda estão todos (menos o Luquinhas) acordados. Já pediram água, já foram buscar bolachas porque tinham fome, já me vieram pedir um agrafador e já ouvi o Ben a tocar piano (?!) Já me vieram à sala mostrar piadas do livro do Asterix e até só para dar um beijinho.

Mas pronto. Mais um dia. Prontos para outra(o)!

7 thoughts on “Querido diário, dia 5

  1. Eu acho que tu és uma verdadeira heroína!!!
    Não sei como aguentas???
    Nós cá em casa só somos 5 + 🐈‍⬛ e já é tão difícil…
    Parabéns por essa energia boa e também pelo diário, que gosto tanto de ler.
    Boa sexta feira.

Deixe uma Resposta para Palavras na Barriga Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s