querido diário, dia 18

Hoje tudo correu melhor. Realmente não há dois dias iguais e, depois de dois dias confusos, fui presenteada com um dia tranquilo.

Meninos na escola logo cedo, já lhe estão a tomar o jeito. Não faço ideia se estão atentos ou a cumprir com as tarefas, mas sabem? Não quero saber. Vou tentando ameaçar com “se não fazem faço isto não sei quês não fazem aquilo não jogam e não isto e não blá blá blá”. Tento assim dar-lhes responsabilidade e autonomia. Acho eu.

Com a Luz é mais fácil. Tem uma aulas às 9h e depois faz trabalho autónomo e é responsável nisto. À tarde tem outra aula. é tudo mais leve na primária, mas na verdade parece-me bem mais produtivo do que uma manhã inteira em aulas sincronas em calças de pijama.

A Jasmim está cheia de vontade de fazer trabalhos e a sua educadora vai pedindo uns desenhos e temos umas histórias para ouvir. Hoje, enquanto o Lucas dormia a sesta consegui dar-lhe atenção durante algum tempo (coisa rat estes dias) e, as duas juntas fizemos coisas giras: brincadeiras, desenhos, cozinhámos (bolachas cobertas de chocolate enfiadas num pau como se fosse um chupa) e ainda jogámos Double – um jogo que as duas adoramos.

Ao fim do dia, os rapazes desafiaram-me para jogar setas com eles – ganharam-me os dois … acho que cada vez jogo pior ou então eles estão a ficas uns craques.

Ansiosa pela hora de fazer o jantar (já vos disse que adoro cozinhar?) – onde oiço a minha música bem alto e fico 40% abstraída do que se passa à volta- quer dizer mais ou menos porque eles estão sempre a aparecer na cozinha, hoje então ainda mais – fiz batatas fritas – e eles estão sempre a ir lá roubar batatas. Finjo que me zango, mas na verdade acho a maior graça e até o Lucas já tem truques para roubar batatas sem eu o ver.

À noite, depois de lhes contar um história adormeci quase instantaneamente. Ando cansada, e amanhã às 8h tenho outra vez o meu super treino!

3 thoughts on “querido diário, dia 18

  1. Como já se deve ter apercebido acompanho religiosamente este diário. Adoro! Dá me forças para o dia a dia, não sei explicar. Gostaria de saber, no meio de tanta azáfama consegue arranjar tempo para as tarefas diárias que uma casa necessita. Consegue fazer essa gestão?
    No meu caso tenho 3 filhos: 13 anos, 9 anos e 1 aninho. Nesta fase, sinto mais dificuldade por causa da bebê, pois requer muita atenção.

  2. Ainda bem que vamos conseguindo alternar, nestes tempos, dias algo stressantes com outros de maior tranquilidade! Estava a ler sobre o vosso dia de ontem e a pensar o quanto contrasta com o de hoje aqui por casa. E nós somos só 4 + 3! 😁
    Tento conciliar o meu teletrabalho com as aulas do filhote mais pequeno, mas o desgaste é imenso… Já sonho com o fim-de-semana, com cozinhados feitos com calma, com um belo vinho tinto ao serão!
    Continuação de boa semana!

Deixe uma Resposta para Maria João Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s