O melhor chá do mundo (dos crafts #3)

20131203-183702.jpg20131203-140219.jpg20131203-135856.jpg

20131203-135923.jpg

É difícil pôr por palavras o aroma que tem o conjunto de ervas e especiarias deste chá. É óptimo para dar de presente – principalmente se o juntarmos com umas bolachinhas caseiras – mas também óptimo para ter sempre em casa guardado num frasco, pronto para uma fria noite de Invenrno ou um simples lanche de Domingo.
Quando o fazemos para oferecer costumamos colocar um pouco da mistura em gazes ( sim daquelas da farmácia) de 10 por 10 e atamos com linha de algodão, de forma a fazer pequenos saquinhos que depois darão para fazer 1 litro deste maravilhoso chá. Depois é só dar asas à imaginação na forma de o embrulhar e embalar.
Para 40 saquinhos de chá usámos

100g de Flor de Laranjeira
100g de Menta

100g de Salva

100g de Alecrim

Cravinhos
Paus de Canela ligeiramente partidos

Presépio

20131202-223051.jpg

20131202-223100.jpg

20131202-223108.jpg

No ano passado, tanto eles brincaram com o nosso presépio que ele – já frágil de tão antigo- se partiu. Desde aí que tenho tentado imaginar o melhor presépio para fazer cá para casa… Mas não me lembrava de nada.
Até que, ao vê-los sempre tão entretidos com os seus queridos playmobiles – e também com uma ideia desta revista – que me lembrei que era exactamente com estes brinquedos que iria fazer o nosso presépio.
Por acaso até existe o presépio da playmobil mas é caro… Para além disso este foi feito com a participação deles, -e por isso com muito mais significado – e foram eles que escolheram quais os personagens que iam representar quem.
Tem sido um sucesso este nosso presépio!

Calendário do Advento

20131201-190304.jpg20131201-204149.jpg20131201-190332.jpg20131201-190338.jpg20131201-190322.jpg20131201-204134.jpg

Quando começa o mês de Dezembro começa, principalmente para as crianças, a contagem decrescente para o Natal.
Hoje foi o dia de preparar a casa para a entrada nesta época. Nos últimos anos temos feito o nosso próprio calendário do advento, pois surgem sempre 1001 ideias de fazer qualquer coisa diferente e simples.
Este, foi feito a partir de uma palete – cá em casa somos grandes adeptos das paletes como se irá perceber no futuro deste blogue – esta estava na rua em óptimo estado.
Cortámos e lixámos as madeiras para fazer a estrutura da árvore de natal, depois foi uma diversão fazer saquinhos todos diferentes com restos de tecidos e números em feltro.

A melhor parte, claro, foi encher os saquinhos para adoçar a boca dos filhos neste querido e aconchegante mês que é Dezembro!

A partir de hoje, até ao Natal todos os dias têm uma guloseima a seguir ao jantar, antes de a comerem só têm de dizer qual foi a melhor coisa do dia.

Chocolate com avelã

20131130-200956.jpg 20131130-201025.jpg 20131130-201003.jpg 20131130-201011.jpg 20131130-201033.jpg

Derreter chocolates para criar novos sabores e formas tem sido um dos nossos presentes de natal recorrentes. Podemos dar asas a imaginação. Hoje, como tinha avelãs experimentei este chocolate branco com avelãs e pintado com chocolate preto.
O segredo está em utilizar um bom chocolate. De resto é mesmo simples, como passo a explicar (provavelmente pelas imagens já deu para imaginar, mas explico na mesma)
1. Derreter o chocolate branco em banho maria.
2. Com a ajuda de uma elfinha e um almofariz moer ligeiramente as avelãs.
3. Colocar o chocolate branco derretido sobre um tabuleiro coberto com papel vegetal.
4. Colocar as avelãs por cima do chocolate e levar ao frigorífico até endurecer – não deve estar duro demais para que seja mais fácil cortar, caso contrário parte-se.
5. Pintar com chocolate preto e cortar quadrados ou outras formas desejadas.

Dos crafts #2

20131129-132411.jpg

20131129-132428.jpg

Outro presente muito giro para oferecer são estas argolas de guardanapo. Só é preciso uma tábua de madeira – esta encontrámos na rua – um berbequim, uma serra – nós usámos um tico tico 🙂 –  e algumas tintas.
Com um tico-tico e a ajuda do Francisco fizemos os cortes, ficaram giras todas com cortes diferentes. Depois com uma serra craneana (o nome é assustador, mas na verdade não passa de uma espécie de broca circular) do berbequim fizémos os buracos – como alternativa pode-se usar uma broca normal e fazer vários furos como se fosse um picotado.
Nestas especificamente usamos folha de ouro para dar um brilho de lado e pintamos com tinta acrílica o interior!
Ficam lindas, não ficam? Óptimas para oferecer ou utilizar na noite de Natal!